terça-feira, 6 de abril de 2010

Professores da rede particular mineira paralisam as atividades por tempo indeterminado

Em assembleia nesta segunda-feira (5/4), no auditório da Faculdade de Medicina da UFMG, cerca de 1,5 mil professores da rede privada de ensino de Belo Horizonte e região decidiram, por unanimidade, paralisar as atividades por tempo indeterminado, nos três turnos, e manter a mobilização e a organização do movimento.

Também por unanimidade, a categoria voltou a recusar a contraproposta patronal. Nova assembleia foi agendada para amanhã (terça-feira), às 16 horas, no mesmo auditório da Faculdade de Medicina, quando a categoria discutirá os rumos do movimento.

Os professores também farão amanhã uma manifestação, na porta do Sinep/MG (Rua Araguari, 644 - Barro Preto – BH), às 9h30, horário em que os donos de escolas se reúnem para discutir as reivindicações da categoria.

Na manhã desta segunda-feira, os professores fazem uma manifestação pelas ruas do centro da capital e se reunirão na porta da Superintendência Regional do Trabalho (SRT), onde acontece uma reunião entre Sinpro e Sinep/MG, agendada a pedido do Sinpro Minas.

Nenhum comentário: