segunda-feira, 22 de março de 2010

INFORMES DA GREVE NA RMEBH




Sexta-feira fizemos mais uma atividade da greve: uma manifestação na porta da SMED. Na porta mesmo, pois ao tentar entrar, a Secretaria Municipal de Educação fechou as portas de vidro e chamou muitos guardas municipais para assegurar que não conseguiríamos chegar perto de tão "ilustres" pessoas. Esta é a primeira vez que encontramos as portas da SMED fechadas, apesar de já ser comum nas outras secretarias e na PBH. Mais uma vez o governo trata como privado algo que é público, assim como faz com a Praça da Estação.
A manifestação estava lotada e fizemos uma pequena passeata na Av. do Contorno. Panfletamos e conversamos com pessoas que passavam por lá, explicando porque estávamos nas ruas e não nas escolas.

Na manhã de ontem, a PBH chamou de última hora para uma reunião com o Secretário Adjunto de Recursos Humanos e o Secretário Adjunto de Educação. Como avisaram com menos de 1 hora de antecedência, só estiveram presentes 03 pessoas da comissão de negociação representando o comando de greve. Nesta negociação percebemos que precisamos continuar em greve após terça-feira.

A PBH primeiro perguntou se queríamos mesmo ("vcs tem certeza?") a isonomia salarial e funcional da educação infantil. Perguntaram se não podia só chegar perto, mas não igualar. Respondemos que tínhamos certeza e que legalmente era possível fazer sim! E sabe o que disseram logo em seguida: mas este problema já foi resolvido com a lei 9815/09 - reajuste da jornada complementar - e tivemos novamente que responder que não foi resolvido e que queremos a unificação da carreira.

Aí eles disseram que estão estudando (novamente a mesma "embrometion") reajustes para todas as categorias, só que é na lógica do merecimento. Não é para todo mundo... e não apresentaram mais nada, afirmando que era para acabarmos com a greve e eles apresentariam. Nossa resposta foi: não concordamos com a política de reajuste vinculado ao desempenho e se vcs apresentarem alguma proposta até terça-feira, levamos para a categoria avaliar se devemos ou não interromper a greve.

Nosso calendário de atividades é:

Segunda-feira - Regionais de greve para visita às escolas que ainda estão funcionando. Horários: 8h / 14h e 18h30 (locais no calendário ao lado)

Terça-feira - Assembleia às 14h no "Colégio Marconi"

Abraços,

Thaís, Cristiane e Gislane

Nenhum comentário: