sábado, 26 de dezembro de 2009

NÃO TEVE POSSE NO SINDREDE-BH E O SINDICATO ESTÁ SEM DIRETORIA


Um comentário:

Modesta Trindade Theodoro disse...

Boa análise, Daniel! Há apenas um ponto, sobre os 800 reais semestrais, que precisa de revisão. Mas havia um sindicato na Câmara, com muitos adeptos, que lutou pela aprovação da Emenda da PBH antes da votação de outras. Com a aprovação do substitutivo do Prefeito as Emendas relativas aos dois pontos citados por você não foram votados. Só houve supressão da parte relativa ao lato sensu. Poucos professores estavam lá, portanto não houve luta contra o projeto. Infelizmente, muitos pensam que certamente ganharão, quando na verdade foi uma grande perda. Pais e mães se sentirão vencedores, pois o pessoal irá trabalhar mesmo estando doente, para não perder o dinheiro oferecido. Isto é sério!

Modesta Trindade Theodoro