domingo, 28 de dezembro de 2008

Comemorado em Cuba Dia nacional do Educador


HAVANA, Cuba, 22 dez (ACN)

Nesta segunda-feira, por ocasião do Dia Nacional do Educador, foi reconhecido o trabalho dos professores cubanos por parte do governo insular e da Federação das Mulheres Cubanas (FMC). O jornal Granma publica em sua edição de hoje (ontem) mensagens enviadas pelo Ministério da Educação (MINED, que é responsável pelo ensino até ao nível pré-universitário), e o Ministério da Educação Superior (MES), homenageando os trabalhadores da educação. Ambos reconhecem o trabalho dos professores cubanos, especialmente notando os seus esforços para garantir a retomada do ano letivo dentro do menor tempo possível na seqüência dos prejuízos causados pelos três furacões. Estas tempestades tornaram impossível para muitos centros educacionais em toda a ilha o começo de suas atividades em data (1º de setembro). “Temos o prazer de felicitar todos aqueles [professores] que, juntamente com o valoroso povo cubano, ofereceu a ajuda de todas as partes do país para a realização e continuidade dessa grande obra que é a educação”.

Da mesma forma, o Ministério do Ensino Superior salienta o trabalho dos professores que participaram das campanhas de alfabetização em outros países. O texto diz que este ano o Dia dos Educadores, que ocorre poucos dias antes do 50º aniversário do triunfo da Revolução Cubana, é comemorado pelos educadores com a satisfação de ter cumprido os seus deveres. Por seu lado, a Federação Cubana de Mulheres destacou o contínuo trabalho de professores cubanos no reforço dos laços entre escolas, famílias e comunidades na educação dos “nossos filhos”. O Dia do Educador cubano foi instituído para marcar o final da campanha nacional de alfabetização (que concluiu em 22 de dezembro de 1961). Durante esse tempo, a maioria dos cubanos, que não sabiam, aprenderam a ler e escrever.

Nenhum comentário: